Analisar o VD sem envolver o VE 



.

Estudo muito interessante de associação da deformação do VD como fator prognóstico.

.

Vejam como mediram a deformação do VD:


.

http://onlinelibrary.wiley.com/doi/10.1111/echo.13199/full

.

Sabemos que 70% da contratação do VD ao repouso é consequência da contratação do septo. Que é basicamente VE.

.

Da forma como foi medida, como isolar o efeito do déficit sistólico do VE na análise da deformação do VD? 

.

Analisar função contrátil do VD é sempre um desafio. Tem que separar o que é trabalho muscular do VD da interferência que o septo exerce.

.

Não concordam? 

.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s