Deformação do miocárdio na visão do paciente.


.
Realizamos o estudo da deformação ventricular durante o ecocardiograma de esforço.
.
No monitor adicional, o paciente acompanha o estudo. Com o mapeamento dos pontos e a análise semi-automática, muitos dos indivíduos compreendem as imagens!!!
.
Seria um sinal do método como facilitador da interpretação?
Ao invés de confundir com gráficos e cores,  clarear a análise?
.
Quando ensino Strain para os alunos do Eco, eles parecem boiar. Já os alunos da graduação sorriem de satisfação.
Gerações diferentes e hábitos visuais modificados..
.
No ano 2014, em teste, vou ensinar Strain antes de ensinar análise da contratilidade ao 2D…
.

3D echo in clinical practice: better than 2D?

.
AQUI
.

.
The heart has a moving, complex three-dimensional shape that has been examined by ultrasound in limited dimensions in the last fifty years with assumptions and interpolations.
Although attempts were made to create 3-dimensional formats right from the early 1970s, dimensional evolution moved towards dimensional revolution with the advent of live 3D echocardiography (3DE) in 2001.
Live 3D imaging is based on the premise that a 3D image can be created using ultrasound waves by scanning an ultrasound beam through a 3D volume. As the term implies, “real-time” 3D imaging takes place on the fly, with reconstruction (in one or more cardiac cycles) performed simultaneously with imaging.

.
Para este blog, o 3D é muito superior ao 2D e só não foi absorvido ainda pelo alto custo das máquinas sem um repasse adequado dos serviços de saúde.
.