Ecocardiografia Photoshop

.

https://www.dicardiology.com/videos/video-photo-realistic-lighting-enhance-3d-echocardiography

.

No início dos anos 2000, fizemos muitas experiências com o programa Adobe Photoshop

.

Dava para criar profundidade em filmes de ecocardiografia.

Assim, um relevo era criado em um corte longitudinal e a válvula Mitral parecia uma elevação na planície do AE e VE.

.

Ficava bem bonito e interessante.

.

Mas era pós processamento.

Na época o valor da imagem sem pós processamento era enorme.

A regra era a da fotografia.

Obtenha a melhor imagem possível para só depois aplicar o Photoshop.

.

Os tempos mudaram.

Métodos concorrentes são uma quase totalidade de imagens pós processadas.

.

Mas a regra continua valendo.

Só uma imagem original muito boa aceita o pós processamento amplo.

.

Relação E/e’ é ruim mas pode melhorar

.

https://academic.oup.com/ehjcimaging/article/20/6/646/5145710

.

Quem usa o marcador E/e’ com parcimônia sabe que ele falha bastante na rotina aqui é fora.

.

https://echotalkblog.com/2016/04/18/a-dificil-relacao-da-e-com-a-e/

.

https://echotalkblog.com/2016/04/04/o-debate-da-ee-relacao-eeno-blog/

.

Adicionar o VTI da Mitral pode ajudar e é bem fácil de realizar.

.

Tente outra vez!

.

https://www.springer.com/gp/book/9783030140304#

.

Temos um 3D estacionado na garagem do hospital e estou me sentindo como alguém com a habilitação vencida.

.

Após levar bronca educada do mestre Badano, vou retornar à luta!

.

.

Não garanto presença no curso mas o livro está garantido

http://workshop.3decho360.com/

.

A decepção com o 3D veio por não obter um exame mais rápido nos casos normais ou quase normais.

.

A máquina não ajuda na produtividade

.

O foco agora será então uma visão melhor da anatomia e função, agregada certamente ao 3D.

.

Mas a produtividade ainda é a meta maior a ser alcançada

.

A era da intervenção nas valvulopatias

.

Quando o mito Braunwald afirmou que as TAVR mudariam a medicina a partir de 2019, todos ficaram chocados

.

Quando o famoso Mick Jagger retornou aos palcos 30 dias após uma TAVR, todos aplaudiram de pé

.

Nos anos 90, nas reuniões da Cardiologia UNICAMP, o mestre das cirurgias cardíacas, Dr Braile, insistia em indicar precocemente as trocas valvulares.

.

Sempre argumentava que fazer o VE sofrer até o indivíduo ter sintomas limitantes era uma conduta ruim

.

Apesar do peso da experiência dele, as diretrizes contrárias nunca o favoreceram

.

Esperávamos por uma prótese biológica que durasse 30 anos antes de fazermos indicações precoces

.

As prótese continuam durando 15 anos ou menos, 3 décadas depois…

.

Apesar do avanço da TAVR, a duração das próteses continua a ser um limitante significativo

.

Por enquanto, ainda é melhor avaliar cuidadosamente o VE e decidir com a ampulheta da disfunção protética com os grãos de areia caindo em 5 a 10 anos .