No AVC, o Eco vê o quê?


Frequentemente somos chamados a analisar o coração como fonte emboligência.
Veja no quadro acima que o coração é o culpado em menos de 20% dos casos.
As perguntas são: Que tipo de eco foi realizado?
Viu o septo interatrial, têm aneurisma? é patente?
E a aorta ascendente? Tem ateroma? No arco aórtico?
Viu a auriculeta? e por aí vai…
Mais capricho no exame, a vida útil do ecocardio depende do zelo dos ecocardiografistas!

Deixe uma resposta