Artéria doente da adventícia para a íntima.


1a

.http://cardiovascularultrasound.biomedcentral.com/articles/10.1186/s12947-015-0014-7

Conclusions

In conclusion, our findings suggest that CEU measurements of carotid adventitial VV provide a novel marker to explore the atheromatous development process and in monitoring disease progression and the response to anti-atheromatous strategies. Additional studies in populations considered at a higher CV risk, including smokers or individuals with hypertension, hypercholesterolemia, diabetes, or renal disease are needed to further explore the distinct contribution of increases in left or right adventitial VV ratio to the progression of the atheromatous process and to its regression in response to anti-atheromatous therapies.

.

Interessante o lado esquerdo ser mais linear para a Aterosclerose ao US. Fato que observamos no volume de exames que realizamos.

Aterosclerose é uma doença inflamatória e vêm de fora para dentro, como todas as inflamações crônicas.

Medir a adventícia é medir a inflamação. Sendo a única medida estrutural com ampla correlação com a inflamação da Aterosclerose.

E não precisa usar o contraste para medir a adventícia na Carótida.

.

1a

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s