Ecoestresse x Medicina Nuclear

.

.

Nos anos 90 eram comuns estudos como o citado, comparando Ecoestresse e Medicina Nuclear

.

Em congressos, sempre havia um debate quente entre antagonistas

.

Em 2018, ainda vale a pena?

.

Medicina nuclear é boa, mas cara e difícil.

.

Lidar com elementos radioativos instáveis nunca será de baixo custo

.

Comparar um exame de 400 reais com um de 3000 reais é desconcertante!

.

Mesmo usando o contraste de microbolhas, dispensável na maioria dos casos, o ecoestresse é quase 10 vezes mais barato e rápido.

.

Assim, o ecoestresse não precisa ser melhor , basta ser igual, e é!

.

Não é só a bicicleta, ecocardiografista!

DESENHANDO_COM_O_LADO_DIREITO_DO_CEREBRO_1228588364B

.

Muitos ecocardiografistas e cardiologistas acreditam que o método EchoTalk-UNICAMP de Ecoestresse tem como diferença a BICICLETA.

.

Nada  simplista assim, bicicleta x dobutamina, pode resumir o método adotado após a leitura do livro acima em 2003.

.

Sim, como desenhar usando o lado direito do cérebro, o lado das geometrias, dos volumes e formas.

.

Por que não usar o lado direito do cérebro para analisar a contratilidade?

.

Esqueça os aparelhos de ponta, esqueça o contraste e as janelas perfeitas.

.

Deixe seu cérebro direito trabalhar em primeiro plano.

.

Nosso brilhante aluno Issam explica melhor:

 

.

1a

.

https://echotalkblog.com/wp-content/uploads/2017/05/avaliac3a7c3a3o-segmentar-na-ecocardiografia-com-estresse-fc3adsico.pdf

Insuficiência Mitral como causa de dispnéia

.

A era dos reparos endovasculares de insuficiência Mitral vai nos permitir responder finalmente:

.

Era mesmo o problema?

.

O ecocardiografista pode responder esta pergunta antes de ter uma intervenção sem resultados?

.

.

Dispneia de origem cardíaca acontece por elevação da pressão atrial esquerda.

Que pode ser secundária a varias patologias.

.

O mecanismo que gera refluxo valvar é muito importante, como na figura acima

.

Mas definir que é o refluxo o causador da elevação sintomática da pressão atrial esquerda é um desafio

.

A fibrilação atrial crônica engana muitos ecocardiografistas.

O átrio enorme não está relacionado ao refluxo

.

PISA?

O leitor aqui sabe dos defeitos inseparáveis desta medida

.

Jato ao ColorDoppler?

Só iniciantes acreditam em Color como único elemento

.

Pulsado até o teto do atrio?

Não vale na estenose aortica conjunta e nem na fração de ejeção baixa

.

Continuo com envelope?

Só para quem sabe modular a intensidade do ganho

.

Pressão pulmonar sistólica?

Não se esqueça que idosos podem ter PSAP de até 50 mmHg sem valvopatias

.

Parar para pensar é a melhor forma de encarar este novo desafio!

Curso de pré-operatório Cardiopapers

.

Cursos online são sempre convidativos.

Sem o deslocamento, o custo para estudar é muito mais baixo.

.

Mas a distância do professor diminui a relação fundamental do ensino,

Que é o contato professor – aluno.

.

O curso Cardiopapers compensa essa distância com aulas bem elaboradas e a figura do professor constantemente na tela.

.

Assisti às aulas e fiquei muito satisfeito.

.

Uma boa oportunidade para os leitores

.

Strain circunferencial das carótidas

hr201239f4

.

https://www.nature.com/articles/hr201239

.

Carotid arterial circumferential strain by two-dimensional speckle tracking: a novel parameter of arterial elasticity

.

A elasticidade da carótida pode mudar antes do espessamento.

.

Seria um parâmetro mais precoce que a IMT?

.

Muito fácil de obter, pode ser adicional.

.

O Strain coloca mais confiança em medidas dependentes da habilidade do examinador e isto é bom!

.

De novo teremos de ter cuidado com os achados comuns na faixa etária e em populações distintas.

.

Ou usaremos, como o Escore de Cálcio, uma tabela feita nos EUA para todos os seres humanos?

.

 

Takotsubo é raro. Ou deveria ser. Consenso 18

1a

.

https://academic.oup.com/eurheartj/advance-article/doi/10.1093/eurheartj/ehy077/5025411

.

International Expert Consensus Document on Takotsubo Syndrome (Part II): Diagnostic Workup, Outcome, and Management

.

Echocardiography

Echocardiography is the most used imaging tool to assess changes in LV function such as symmetric regional wall motion abnormalities (RWMAs).4 Different variants can be identified with echocardiography which include:

  1. Apical ballooning, hypo-, a-, or dyskinesia of mid-apical myocardial segments is typical, sometimes associated with hypokinetic mid-segments.2,40 The anterior or entire interventricular septum, inferior or midventricular anterolateral wall may also be involved.41,42 LV twisting on 2D speckle-tracking imaging is reduced or reversed to clockwise apical rotation and the rate of untwisting (a sensitive index of regional diastolic dysfunction) is reduced in the acute phase.43
  2. Midventricular TTS featured by hypo-, a-, or dyskinesia of midventricular segments, most often resembling a cuff.2,40,44,45
  3. Basal forms where only basal segments are involved2,40: This phenotype is rare and appears commonly in patients with subarachnoid haemorrhage,46 epinephrine-induced TTS47 or phaeochromocytoma.48
  4. Focal TTS mostly involving an anterolateral segment has been described.2,40Differentiating this unusual TTS type from ACS or myocarditis requires CMR.49

.

O ecocardiograma é fundamental para o diagnóstico de Takotsubo.

.

Acreditamos que é fundamental para explicar o fenômeno também.

.

Vísceras distendidas doem, isto pode explicar a dor, causada por o balonamento apical.

.

O gradiente de via de saída revela uma barreira a ejeção, que altera o débito e gera mais desconforto.

.

Casos de Takotsubo provocados por Ecoestresse com Dobutamina mostram que pode ser a hipercontratilidade basal a causa de todos os achados.

.

As alterações do ECG são secundárias à distensão apical e ao esforço ejetivo com a barreira dinâmica.

.

O cateterismo poderia ser dispensado, trocado por uma Tomo de coronária nos casos suspeitos?

.

 

Inicie a semana com Strain GLS

1a

http://imaging.onlinejacc.org/content/11/5/673

.

Incremental Prognostic Utility of Left Ventricular Global Longitudinal Strain in Asymptomatic Patients With Significant Chronic Aortic Regurgitation and Preserved Left Ventricular Ejection Fraction

.

Conclusions In asymptomatic patients with ≥III+ chronic AR and preserved LVEF, worsening LV-GLS was associated with longer term mortality, providing incremental prognostic value and improved reclassification.

.

Fração de ejeção por Simpson é legal mas já foi…

.

Cada vez mais o Strain ocupa o espaço da avaliação ventricular.

.

Barato e rápido, vai se firmando como obrigatório.

.

Falta o pagamento!

.