Ecocardiografista, cuide do seu ombro!!!

Alongamentos “1”, e Alongamentos “2”
Execute os alongamentos como nas fotos, mantendo cada posição por, duas séries de 50
segundos. Os alongamentos, servem como aquecimento para a seção de fortalecimento, e
também como, relaxamento ao final dos esforços .

Fortalecimento antebraço
Execução, (exercício c/ bola de tênis) – Comprima a bola de tênis na mão, aperte e solte
por 30 vezes consecutivas, repita este procedimento por 4 vezes. O intervalo entre as séries
deve ser de no mínimo 30 segundos e no máximo 50 segundos.
Execução, (exercício de preensão manual) – Idem ao procedimento do exercício anterior.
Fortalecimento deltóide anterior
Execução – inicie o exercício na posição de pé, com os joelhos ligeiramente flexionados,
usando um halter de mão de 1, 2, 3, ou 4 kilogramas, a identificação da carga é de acordo c/
o nível de força do praticante. Na posição inicial, a mão deve estar com a palma voltada
para a parte anterior da coxa, e na fase seguinte eleve o braço até a linha do ombro,
voltando em seguida para a posição inicial. Repitada este movimento de forma consecutiva
por 30 vezes, repetindo o procedimento por 4 vezes. O intervalo entre as séries deve ser de
no mínimo 30 segundos e no máximo 50 segundos. A execução do movimento deve ser
lenta.
Fortalecimento deltóide medial
Execução – inicie o exercício na posição de pé, com os joelhos ligeiramente flexionados,
usando um halter de mão de 1, 2, 3, ou 4 kilogramas, a identificação de carga é de acordo c/
o nível de força do praticante. Na posição inicial, a mão deve estar com a palma votada
para a parte lateral da coxa, e na fase seguinte eleve o braço até a linha do ombro, voltando
em seguida para a posição inicial. Repita este movimento de forma consecutiva por 30
vezes, repetindo o procedimento por 4 vezes. O intervalo entre as séries deve ser de no
mínimo 30 segundos e no máximo 50 segundos. A execução do movimento deve ser lenta.
Observações:-
Não é aconselhável que os movimentos sejam feitos unilateralmente, para evitar que se
desenvolva desproporcionalidade entre os membros superiores, faça o procedimento de
cada um dos exercícios para os dois braços, independente de qual lado é o de maior
domínio motor, ou de qual braço será mais exigido fisicamente no transcorrer do curso.
Os alongamentos devem e podem ser executados, nos intervalos do curso, isto
proporcionará um alívio e um equilíbrio de tônus muscular, diminuindo a sensação de
fadiga muscular.
Responsabilidade técnica, André Luis Gomes de Moraes, professor de Educação Física,
CREF – 007724-G/SP

TEMPO PELE-TRANSDUTOR FINAL


Como o agendamento pode ajudar na produtividade?
Para o paciente, esperar é sempre ruim. Um bom agendamento pode evitar atrasos e melhorar a imagem da clínica.
Pense em marcar, por exemplo, os primeiros horários de 15 em 15 e a segunda metade da agenda de 20 em 20. Como os atrasos são cumulativos, dê maior margem para manobra na segunda metade da sua agenda.
Faça os encaixes no horário mais folgado e faça encaixes!
É bastante útil fazer um fluxograma da sua clínica, se o pico de movimento é na quinta, como a nossa, ofereça um horário amplo nesse dia, como horário de almoço e começo da noite.
Lembre-se, no setor de serviços, o horário deve ser ideal para o paciente, não necessariamente para o médico e secretárias.
Sendo a terça mais calma, diminua a agenda e vá para a academia, ecocardiografistas têm que fazer musculação e alongamento para ombro!

Abraço