Curiosidades: MyLab Alpha

1a (1)

.

As postagens no blog do aparelho realmente portátil da italiana Esaote têm gerado perguntas frequentes por email.

.

Testei o aparelho duas vezes em congressos internacionais e uma vez no Brasil, um modelo mais evoluído:

Sim. É portátil e fácil de carregar.

Sim. Tem duas portas para transdutores e evita o troca troca  nos exames sequenciados de Eco e Carótidas.

Sim. O processador é bem rápido e muda de modalidade em instantes, facilitando a fluidez do exame.

Sim. Os comando são bem melhores e adequadamente posicionados.

Sim. A tela giratória facilita exames à beira do leito.

Sim. Os softwares de Ecoestresse e Strain rodam bem mais rápido.

Talvez. A durabilidade ainda não foi testada e não podemos afirmar por experiência de leitores ou própria.

Talvez. O IMT automático não é tão rápido para uma rotina “suada”.

Talvez. A empresa mudou de gestor e parece seguir em um caminho de respeito ao consumidor brasileiro.

Não. Nunca usamos o aparelho em uma rotina de verdade.

.

 

 

Deixe uma resposta