Strain: Fabricantes precisam uniformizar a análise!


1A

.

Intervendor Differences in the Accuracy of Detecting Regional Functional Abnormalities : A Report From the EACVI-ASE Strain Standardization Task Force

.

Conclusions

The accuracy of identifying regional abnormality differs significantly among vendors.

.

Vejam como a confusão de fabricantes no Strain favorece a concorrência!

Usam um método morfológico para avaliar um método funcional!!!

Não têm nada a ver…

A própria detecção de cicatriz varia de fabricante para fabricante de RM.

.

RM não pode ser usada como padrão ouro de deformação.

.

Apesar da metodologia criticável, a conclusão deprecia o STRAIN.

.

Por que não usaram o Strain da RM para comparar com o Strain do Ecocardiograma?

.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s