Strain : Depende do átrio ou do ventrículo?


echo13770-fig-0002

 

.

http://onlinelibrary.wiley.com/doi/10.1111/echo.13770/full

.

Conclusions

In stable patients with MS, NYHA functional class independently correlated with LAS and LASRr. Left atrial (LA) deformation correlated with heart failure symptoms in patients with MS.

.

1a

.

Vários estudos do Strain atrial mostram correlação com a classe funcional.

.

Na figura vemos que a máxima distensão ocorre na onda T do ECG, na sístole ventriuclar.

.

Qual é a função do AE na sístole?

Reservatório não comunicante com o VE

.

Na diástole a comunicação se estabelece e dura 2/3 do ciclo cardíaco.

.

A pesquisa revela que quanto menos distender o AE na sístole, pior a classe funcional.

.

Mas esta deformação depende bastante do ventrículo direito.

.

Estamos vendo o AE ou o VD nesta análise?

.

Já a deformação negativa, vista sobre o QRS, implica na função contrátil atrial.

.

Mas também depende da complacência do VE

.

Resumindo :

O Strain é uma ferramente complexa e fantástica de análise.

Ainda estamos aprendendo.

.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s