A era da intervenção nas valvulopatias

.

Quando o mito Braunwald afirmou que as TAVR mudariam a medicina a partir de 2019, todos ficaram chocados

.

Quando o famoso Mick Jagger retornou aos palcos 30 dias após uma TAVR, todos aplaudiram de pé

.

Nos anos 90, nas reuniões da Cardiologia UNICAMP, o mestre das cirurgias cardíacas, Dr Braile, insistia em indicar precocemente as trocas valvulares.

.

Sempre argumentava que fazer o VE sofrer até o indivíduo ter sintomas limitantes era uma conduta ruim

.

Apesar do peso da experiência dele, as diretrizes contrárias nunca o favoreceram

.

Esperávamos por uma prótese biológica que durasse 30 anos antes de fazermos indicações precoces

.

As prótese continuam durando 15 anos ou menos, 3 décadas depois…

.

Apesar do avanço da TAVR, a duração das próteses continua a ser um limitante significativo

.

Por enquanto, ainda é melhor avaliar cuidadosamente o VE e decidir com a ampulheta da disfunção protética com os grãos de areia caindo em 5 a 10 anos .