Máscaras caem na Pandemia

Tenho minhas N95 desde Janeiro pois acredito que a ecocardiografia hospitalar é de alto risco, em uma situação como a atual.

Usando sem alarde , faço minha proteção e estimulo todos a usarem máscaras no laboratório de imagem

Fui abordado no hospital, solicitando que não usasse a máscara pois estava dando mau exemplo já que a direção do hospital não orientava o uso de máscaras no ambiente não COVID-19.

Recusei-me a retirar a máscara, informei que estava trabalhando em área de alto risco e , uma vez colocada, só se retira a máscara ao sair do hospital.

A legislação trabalhista obriga o empregador a fornecer os EPI necessários.

Pode o empregador obrigar o uso dos EPI fornecidos pela empresa mas NÃO pode, não oferecer EPI e solicitar a retirada !

Os mesmo professores que hoje dizem que a máscara não protege ensinavam na epidemia do HIV que o preservativo, que não protege 100%, era de uso obrigatório.

Eles, do CCIH, nos obrigam a usar máscaras toda vez que temos casos de TB bacilífera!!!

Protegem 100%? Certamente não !

A questão do uso excessivo e queda nos estoques segue sendo debatido na mídia.

Mas é dever do empregador fornecer.

É uma questão administrativa, não é médica.

Mas é bom que saibam legislação trabalhista.

Ou, no mínimo, conheça os conselhos abaixo:

https://arxiv.org/pdf/1808.00065.pdf

Deixe uma resposta