Isquemia x Angina

O assunto não sai das mídias

Detectar isquemia sem detectar Angina não vale o esforço

Sabemos disto desde o século passado

O problema está no método usado para aliviar a isquemia, não na irrelevância do músculo em sofrimento

O sofrimento induzido por esforço pode até fortalecer mecanismos de correção da isquemia, sendo um tratamento de reabilitação ligado à sobrevivência

.

Já vimos na medicina histórias assim, como nas úlceras gástricas que eram operadas até o surgimento dos omeprazois da vida

.

O tratamento clínico evoluiu mais que a intervenção

.

Britânicos cortam pedidos de exames radiológicos

Radiologistas britânicos e técnicos de radiologia podem vetar pedidos de exames vindo dos clinicos

O SUS deles tem este poder:

“Como não temos radiologistas suficientes, nossos técnicos de modalidade (TC, RM etc) realizam o exame de 1ª linha.
Na tela de verificação do RIS, temos todos os 3 bits de informação disponíveis em UMA tela

  1. histórico completo de imagens
  2. informações do cartão de solicitação / pedido digitalizados
  3. Opção – “aprovar”, “recusar” e “alterar vetter”
  • A maioria dos pedidos é aprovada pelos técnicos:
    -Eles podem facilmente mudar o código do exame para o apropriado.
    -Eles recusam os pedidos duplicados.
    -Quando não tiverem certeza da adequação, “mandam” para os radiologistas especializados “MSK, Paeds etc.). Provavelmente recebemos 5% dos exames aprovados por radiologistas – mas esses são os mais complicados. O cancelamento de exames por inadequação pode consumir tempo. No entanto, temos sorte, pois, com o nosso RIS, temos um link de contexto de 1 clique para a RPE do paciente para ver a história clínica completa, um link de contexto de 1 clique para resultados de sangue e relatórios de patologias – isso nos permite tomar uma decisão instruída de cancelar ou mudar os exames para o apropriado.
    Quando cancelamos os exames, colocamos o exame em “serviço de limpeza” para solicitações eletivas – nossa secretária informa à secretaria dos consultores que o exame foi cancelado e o referenciador pode ligar para os radiologistas canceladores, se assim o desejarem.
    Os técnicos especializados fazem parte dos Clinical MDTMs e há muito respeito entre os técnicos e os consultores clínicos e eles ficam felizes em cancelar os exames se considerarmos inadequados (geralmente os exames são solicitados por juniores inexperientes).
    Para os inativos, não informamos a ninguém – basta documentar o motivo. O motivo do cancelamento é comunicado via HL7 à Ordercomms e ao PACS, para que os médicos que encaminham o rastreamento do paciente da enfermaria tenham consciência de que o exame foi cancelado e o motivo. Normalmente, aconselho-os a entrar em contato com o radiologista de plantão – quando documentar o motivo do cancelamento.
    Na minha opinião, uma boa verificação eficiente é a maneira mais eficaz de controlar a demanda em radiologia. Na semana passada, devo ter cancelado cerca de 5-6 exames de tomografia computadorizada / ressonância magnética e também alterado alguns. Alterar os exames para o correto garante que “acerte na primeira vez”

.

Depoimento em fórum de médica radiologista de Doncaster Royal Infirmary

.

Os serviços públicos no mundo procuram modos de conter o uso inadequado de exames radiológicos, não contando apenas com autocontrole e boa formação do solicitante

.

NX3 = Desconto no curso de Carótidas ?

Nosso curso de Doppler de Carótidas e Vertebrais dura um dia e meio

.

Usávamos metade da parte prática para ensinarmos a abordagem das vertebrais

.

Com o NX3 é tão fácil encontrar as vertebrais que estamos ficando com tempo de sobra

.

Até voltamos e fazemos uns exames no velho aparelho da grande empresa para que o aluno tenha uma amostra do mundo “real”!

Quando o remédio não baixa a febre, a solução é quebrar o termômetro?

Como ecocardiografistas, vemos a manifestação da isquemia em nossos Ecoestresses bem antes da dor precordial

.

Assintomático não é sinônimo de sem isquemia

.

Mas aqui o problema é outro, não é de fisiopatologia

.

As intervenções são ineficientes em cenários crônicos porque são tratamentos locais de problemas difusos

.

Para fazer Ecoestresse é preciso(?):

https://doi.org/10.1016/j.echo.2019.07.001

.

Segundo os escritores acima, precisa ter realizado mais de 1000 exames ao repouso para se aventurar no Ecoestresse.

.

Depois, para ser bom mesmo, realizar e interpretar mais uns 300 Ecoestresses.

.

Para quem analisa espessamento, deve ser isto mesmo…

.

Procure se informar antes de desistir…