Rutura de cordoalha?

Foi uma discussão quente!! Na reunião da disciplina de cardiologia da UNICAMP.

Uma paciente com história de ICC classe II há 1 ano apresentou há 10 dias piora progressiva e foi atendida em edema agudo do pulmão.
O primeiro eco mostrava hipertensão pulmonar acentuada (88mmhg) e abaulamento do septo interatrial no sentido do átrio esquerdo, sugerindo pressão atrial direita maior que a esquerda = hipotese de embolia pulmonar.
O segundo eco repetido com 3 dias mostrava rutura de cordoalha com insuficiência mitral acentuada = hipotese de edema pulmonar pos rutura de cordoalha.
A paciente estava agora compensada em classe II.
Qual laudo estava correto?

Deixe uma resposta