Transesofágico

Veja na imagem acima, trombos na árvore pulmonar vistos pelo transesofágico.
Aprendi a fazer na residência, brigando por um exame.
Hoje praticamente não faço. E também não faço força pelo método, acredito ser muito desconfortável para um exame com poucas indicações.
Endocardite parece ser a única, imbatível.
Dissecção da aorta = CT.
Trombo em AE = CT ou RM ou anticoagulante direto.
No intra-op = perder tempo e dinheiro.

Alguns hospitais precisam mesmo, mas o futuro do exame parece bem incerto.