Quando o "i" está muito a frente do "e"…

No congresso a GE colocou lado a lado o Vivid “e” e o Vivid “i’.
Isso causou um grande engano para quem passava.
Como os chassis são parecidos, muitos pensaram que se tratava da versão básica e da versão avançada da mesma máquina.
Ledo engano, é como comparar um Toyota com um Mercedes, não pode, são de linhagens diferentes.
O Vivid “e” veio do Vivid 3, uma máquina intermediária.
O Vivid “i” veio do Vivid 7, uma máquina de ponta, talvez a melhor.
Muito diferente, inclusive no preço.

2 comentários em “Quando o "i" está muito a frente do "e"…

Deixe uma resposta