Fotos impressas, CD ou "um abraço"?


.
Em Americana havia um médico do SUS que laudava ECG no hospital.
Quando era normal ele laudava: Sem alterações.
Quando era anormal: F.C.V.D.
Significava, falo com você depois !
.
Lembro dessa história quando me perguntam qual o melhor modo de mostrar as imagens do eco.
Foto, CD ou nada.
Aqui em Campinas têm um serviço que escreve apenas “imagens disponíveis caso o médico peça”.
Imprimir com qualidade custa caro, impressoras sempre falham e irritam.
Atualmente tenho optado por queimar um CD. Custa menos de 60 centavos e se o médico abrir, verá imagens de alta qualidade.

Cursinho pré-vestibular? Não, de ecocardio!


Na concorrência é assim…
.
Alguns futuros alunos reclamam da falta de vagas.
Eles têm razão em se queixar, para 2008 já estão no fim.
Nossos cursos são individuais, em dupla ou no máximo 4.
Porém se a solução for fazer como a concorrência, preferimos as reclamações!

Pico de Interleucina 6 no Ecostress

Additive prognostic value of interleukin-6 at peak phase of dobutamine stress echocardiography in patients with coronary artery disease. A 6-year follow-up study
American heart journal Volume 156(2), August 2008, p 269–276
.
Patients with peak IL-6 >=3.14 pg/mL (upper tertile) had a hazard ratio of 2.7 (95% CI 1.44-5.37) (P < .01 for an adverse event).
.
Interessante, dosar a IL-6 no pico do stress foi eficiente para definir alta taxa de eventos.
Já estudamos esse marcador em outra situação
Com síntese hepática predominante, geralmente em resposta a PCR, como pode subir de forma diferenciada aos stress?
Provavelmente, em pacientes com estado pró-inflamatório elevado, a síntese e liberação seria mais rápida nos leucócitos já ativados.
Isso já foi demonstrado por medida direta de RNAm para IL-6 em leucócitos ativados.
.
Como o kit de IL-6 é até de baixo custo, 500,00 reais por 50 amostras, não é tão difícil.
Mas, vale a pena?