2013 Prova do DIC: Você se encaixa?

. LINK DIRETO. 2.3. Ter formação mínima de 1 (um) ano contínuo na área de ecocardiografia, com comprovação por declaração do serviço onde fez o treinamento ou Certificado de Conclusão de Curso, em papel timbrado, assinado por responsável que tenha Certificado de Atuação na Área de Ecocardiografia, conferido pelo Departamento de Imagem Cardiovascular da Sociedade Brasileira de Cardiologia e Associação Médica Brasileira, há pelo menos cinco anos. 2.4. A declaração a qual se refere o item 2.3 deve obedecer ao padrão presente no anexo I deste Edital. Caberá à Comissão de Habilitação do DIC avaliar se a declaração apresentada pelo candidato preenche o padrão exigido no Anexo I. A determinação da Comissão de Habilitação neste caso é soberana e não caberá nenhum tipo de contestação a essa resolução.……………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………… Mais ainda: …………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………..3.3.3. A Comissão de Habilitação do DIC irá verificar a documentação enviada e poderá aprová-la ou não. Caso não seja aprovada, o candidato não será inscrito para a realização das provas (prática, teórica e de vídeos) e será avisado da recusa do Departamento por meio de carta registrada. …………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………… ANEXO I – MODELO DE DECLARAÇÃO (OBRIGATÓRIA) A SER PREENCHIDA PELO REPRESENTANTE DO SERVIÇO ONDE O CANDIDATO REALIZOU FORMAÇÃO EM ECOCARDIOGRAFIA………………………………………………………………………………………………………. Certifico que o Dr.__________________________________________________ realizou estágio/residência em ecocardiografia de ____________ ano(s) de forma contínua, no _________________________________________________ (nome do serviço onde foi realizada a formação do candidato) sob minha supervisão, com uma carga horária mensal de ________ horas, em que acompanhou e realizou exames de ecocardiograma transtorácico de adultos e crianças, ecocardiograma sob estresse e ecocardiograma transesofágico, estando, portanto, apto a prestar as provas para obtenção do Certificado de Atuação em Ecocardiografia. DATA ____/ ____/ ____

Coronárias ao modo B do Ecocardiograma

………………………………………………………………………………. . . ………………………………………………………………………………………………………………………………………………………….. High frequency (7.5 MHz) two-dimensional ultrasound in combination with modified acoustic windows allowed visualization of the distal left anterior descending artery in 61 (85%) of 72 patients studied. Visualization was confirmed in one patient who underwent simultaneous high frequency ultrasound recording and selective dye injection into the left coronary artery.In addition, calcific coronary atherosclerosis was identified in one patient. The saphenous vein bypass graft along with its distal site of anastomosis was clearly seen in 3 patients and coronary artery flow was detected in 24 (33%).…………………………………………………………………………………………… . AQUI LINK LIVRE. . ……………………………………………………………………………………….. ………………………………………………………………………………………………………… Estudo pioneiro de 1990 com transdutor de 7,5 MHz setorial obteve belas imagens da descendente anterior ao transtorácico na maioria dos pacientes estudados. …………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………… Outro estudo (LINK) também foi feliz em medir as coronárias em sua porção proximal. ………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………… Coronary artery diameter can be assessed reliably with transthoracic echocardiography………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………….

. Vejam, nesse outro estudo (LINK), como fica perto da DA e podemos usar alta frequência nos transdutores. …………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………. Noninvasive Assessment of Significant Left Anterior Descending Coronary Artery Stenosis by Coronary Flow Velocity Reserve With Transthoracic Color Doppler Echocardiography……………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………….

Transthoracic echocardiographic imaging of coronary arteries: tips, traps, and pitfalls . Aqui link.

. Artigo muito interessante e com todas as dicas e truques para definição das coronárias ao Eco. . Por que o Eco não é usado para definir obstruções das coronárias, em seus terços proximais, pelo menos? . Com uma taxa de até 150 quadros por segundo, mesmo a movimentação do coração poderia ser compensada. . Uma gravação de 10 segundos conteria 1500 fotos da coronária e um software poderia reconstruir essa imagem, como a tomografia faz. . Quando você vai comprar uma Tomo 64, descobre que o software de reconstrução é tão ou mais importante que a máquina. São milhares de imagens reconstruídas para dar a imagem de leito de rio que nós usamos para entender. . Por que isso não é usado na ecocardiografia? Ao invés de reconhecer a densidade do contraste, poderia reconhecer o color angio ou o sangue. . Definição de imagem não falta ao ecocardiograma, principalmente com penetrações de 4-8 cm. .