Preço do ecocardiograma: Uma abordagem sem a menor racionalidade

1a

http://www.nytimes.com/2014/12/16/health/the-odd-math-of-medical-tests-one-echocardiogram-two-prices-both-high.html?smid=tw-share&_r=2

.

Old technology should be like old TVs: The price should go down,” said Dr. Naoki Ikegami, a health systems expert at Keio University School of Medicine in Tokyo, who is also affiliated with the University of Pennsylvania’s business school. “One of the things about the U.S. health care system is that it defies the laws of economics, and of gravity. Once the price is high, it just stays there.”

.

A notícia deu no NYT.

Então um exame de ecocardiograma feito em 1970 dava as mesmas informações que o realizado em 2013?

Isso justificaria uma queda do preço, segundo o médico Naoki.

.

Ele não sabe, e não procurou saber o que o Doppler, ColorDoppler, medidas volumétricas, Doppler Tecidual e Strain adicionaram a sensibilidade do método!

.

É como dizer que uma Tomografia pré histórica não fica devendo em nada para a Tomo de 128 canis…

.

Deixe uma resposta