Por quê o átrio funciona melhor?

1aaaa

.

http://departamentos.cardiol.br/dic/publicacoes/revistadic/revista/2014/portugues/Revista04/02_original_56.pdf

.

Conclusão: O grupo ciclistas apresentou aumento do componente passivo em detrimento de uma redução do componente ativo no esvaziamento atrial total, o que mostrou estar correlacionado à atividade diastólica supernormal nesse grupo. (Arq Bras Cardiol: Imagem cardiovasc. 2014;27(4):235-242)

.

A pergunta é por quê um atleta têm melhor esvaziamento passivo que o controle?

Fração de ejeção atrial esquerda passiva (%) atleta 43,8 ± 12,8 controle 34,8 ± 10,4 p=0,03

.

Acreditamos que deveria ser relacionado a onda e´, impulsionada pela melhor performance do ventrículo e acúmulo de energia potencial para a sucção do conteúdo atrial.

A pré carga como causa fica menos provável pois ao repouso não existe aumento da chegada de sangue nem aumento da pressão capilar.

A própria onda E não é maior em relação ao controle.

.

Mas a onda e´ não foi encontrada em elevação. O que desloca o problema para o VTI da onda E e não a velocidade pura.

.

O interessante do artigo é levantar questões inteligentes, algo que não acontece frequentemente nas pesquisas com ecocardiografia e Doppler nacionais.

.

Parabéns ao grupo!

.

Deixe uma resposta