CBHPM e a realidade da ecocardigrafia


1a

.

Desde 2014 temos a tabela acima.

Quem consegue receber esses valores?

.

Em nossa região, nenhuma delas é paga.

.

Organizar a tabela deve ter sido difícil. Falta agora lutar pela implantação.

.

Notem que a evolução da exame está travada.

.

Veja abaixo que esse problema não afeta a RM:

1a

.

Será que têm a ver com os interesses financeiros?

.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s