SBC Balanço 2017

.

Congresso deixa os ecocardiografistas preocupados com a falta de espaço do método nas aulas e mesas.

.

Aqui no blog, esperávamos até pior:

– O congresso SBC não dá muito espaço para o eco há anos.

– A presidente era do cateterismo e o diretor científico é fortemente ligado à TC e RM.

– As verbas gigantescas das TAVI não incluem o Eco como indispensável

– Nosso DIC esteve para ser entregue a presidência para o mago da RM

– Strain ainda é inexplicável para o clínico

– 3D só é compreensível abaixo dos 30 anos

.

Pesando tudo, parte culpa nossa , até que não foi tão ruim!

.

Ano que vem , sob a presidência do ecocardiografista do ano 2015 e 2016, teremos a oportunidade de realizar um congresso de ecocardiografia pleno, com métodos concorrentes com seu devido espaço.

.

Um comentário em “SBC Balanço 2017

Deixe uma resposta