Espessura miocárdica indexada é superior

.

.

https://onlinelibrary.wiley.com/doi/full/10.1111/echo.14317

.

Espessura miocárdica ao ecocardiograma é uma fonte de erros e existe desde a invenção do método

.

Indexar não é resolver 100% do problema mas ajuda bastante.

.

.

A desconexão com a altura mostra o viés patológico do achado

.

Tenho a impressão que a medida feita ao 2D leva a maiores equívocos, comparado ao quase abandonado Modo M.

.

Encontro facilmente medidas superiores à normalidade, feitas em fotos do 2D, em indivíduos claramente normais.

.

Antes de indexar, precisa buscar uma imagem confiável .

.

Nossa dica é o Modo M “linha”

.

https://echotalkblog.com/2015/05/06/modo-m-nao-descartem-uma-modalidade-antiga-mas-consagrada-velha-mas-muito-rapida/

.

Deixe uma resposta