Volume Atrial em Diabéticos

Changes in left atrial volume in diabetes mellitus: more than diastolic dysfunction?

https://doi.org/10.1093/ehjci/jes084

Conclusion

Diabetes causes LA enlargement that is independent of the effects of coexistent HT and DD. 

Como o Diabetes pode afetar o átrio esquerdo sem ser dependente da disfunção diastólica?

. We examined the relationship between LAVI to age, group (DM and control groups), E/E′ ratio, LVMI, diastolic grade, LVEF, and presence of HT to determine univariate predictors of LAVI. These predictors were entered into a logistic regression analysis (Table 5). In this model, a statistically significant relationship was only present between LAVI and presence of diabetes (P< 0.0001), adjusting for all other covariates including the diastolic grade and presence of HT. The logistic regression model demonstrated a predictive value (power) of 0.88 for the patient group (i.e. presence of diabetes) to LAVI.

.

Sabemos que a dilatação atrial depende da transmissão de pressões elevadas na diástole ventricular.

Por que não foi detectada ao Strain e E/e´?

.

Pacientes renais crônicos em diálise podem ter elevações nos volumes atriais sem alterações clássicas da diástole ao tecidual.

Encontrado também também em pacientes com insuficiência hepática.

Teria o diabético uma alteração na volemia como sugerem alguns estudos?

https://dx.doi.org/10.4183%2Faeb.2016.19

.

Como o ecocardiograma poderia ajudar no diagnóstico?

.