3D na ponta da bota.

No congresso brasileiro de 2012 conversei com o diretor-presidente da regional de uma fábrica de aparelhos de ecocardiografia.
Suas palavras:
“Fechamos nossa linha de pesquisa em 3D. Essa tecnologia não dará em nada. Desperdício de dinheiro.”
Fiquei espantado com a afirmação. Na época eu lia muito pouco sobre 3D e nem pude argumentar, já que também não tinha experiência.
No congresso de 2013 não encontrei o diretor para conversar. Dança das cadeiras?
.
Queria levá-lo para assistir as aulas de 3D, inclusive a minha!
E não encontrei ninguém para abordar o assunto na empresa.
.
Agora está claro para o mundo todo, inclusive o Brasil.
O 3D é a solução para competir com as outras tecnologias e caminha rapidamente para ser custo efetivo.
Quem abriu mão da tecnologia ficará bem distante das grandes empresas.
.
Mais uma bola fora…
.

Deixe uma resposta