Parece que vê a coronária mas nem tanto.


Diagnostic value of coronary CT angiography in comparison with invasive coronary angiography and intravascular ultrasound in patients with intermediate coronary artery stenosis

.

http://ehjcimaging.oxfordjournals.org/content/early/2014/02/09/ehjci.jeu009.short?rss=1

.

This trend was consistent irrespective of lesion location, lesion severity, and plaque characteristics.

.

Conclusion Anatomical criteria for the diagnosis of ischaemia-producing coronary stenosis differ by non-invasive and invasive methods. Compared with invasive methods, CCTA presents overestimation in assessing lesion severity and lower diagnostic performance in assessing ischaemia.

.

Quando um método surge, parece sempre bom demais. Os estudos iniciais sempre os comparam à metodologias antigas, levando a vantagens evidentes. Algo como comparar Losartan com Atenolol (LIFE).

.

Aí tomam coragem e os comparam a verdadeiros métodos “ouro”.

.

Perdendo feio para a verdade do US intracoronário, esse artigo mostra que a TOMO de coronárias ainda têm muito o que provar. 

Pena que esse artigo loga cairá em esquecimento!!!

.

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s