Austin Flint Revisitado


.

MRI of the Heart Revealing a Central, High-Velocity Jet Projecting into the Left Ventricular Cavity. The jet clearly strikes the anterior mitral-valve leaflet, causing distortion and premature closure during diastole.

Texto do NEJM

.

O texto do blog cardiopapers têm esse entendimento:

“O jato regurgitante aórtico pode ficar direcionado para o folheto anterior da valva mitral, impedindo-o de abrir adequadamente durante a diástole ventricular. Isto pode causar um padrão similar ao da estenose mitral, inclusive com sopro diastólico em ruflar. Esse sopro é chamado de  Austin Flint. A vibração do aparelho mitral normal durante a regurgitação aórtica (seta) causa uma estenose mitral funcional.”

.

Pensamos que a intensidade do jato no folheto anterior pode limitar a abertura, como vemos no filme, mas essa limitação da abertura está longe de causar estenose mitral em uma válvula normal.

Certamente o aumento na pressão diastólica do VE que ocorre em todas as insuficiências aórticas, é compensado por elevação das pressões atriais. Também o estiramento maior das fibras ventriculares pode geram uma sucção ainda maior do conteúdo atrial, dois fatores que somados, podem aumentar a velocidade transvalvar , gerando sopro. 

Também acreditamos que a própria vibração do folheto anterior, caudada pelo jato de refluxo, contribui para o sopro.

São abstrações que o estudo da sucção (onda e´) e a análise dinâmica podem gerar.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s