Miocárdio não compactado : Leia aqui


.

http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0066-782X2017001400483&lng=en&nrm=iso&tlng=pt

.

A nova editora da revista DIC tem publicações interessantes.

Uma delas em destaque, acima.

.

esse estudo, 79% dos pacientes preencheram critérios diagnósticos de MNC pelos critérios de Chin et al.,2 64% pelos critérios de Jenni et al.,16 e 53% pelos critérios de Stöllberger et al.17 Nesse estudo, os critérios de Chin et al.,2 apresentaram maior sensibilidade, porém com maior percentagem de diagnóstico falso-positivo. Houve fraca correlação entre os três critérios ecocardiográficos aplicados, com apenas 30% dos pacientes preenchendo todos os três critérios.

.

Vejam que as classificações atuais são ineficientes.

.

Acreditamos que usar o terço apical na avaliação prejudica os critérios. Somente o terço médio pode diferenciar o normal do claramente não compactado.

.

Vários casos de não compactados levam em consideração a porção apical e confundem o ecocardiografista, colocando atletas na lista de não compactados!!!!

.

Não vemos a RM como método ouro pois seus falso positivos são frequentes também.

.

Foco no terço médio!

.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s