3D como modo dominante, não um acessório. Veja quem está falando!

1a

.

2b

.

https://www.dicardiology.com/article/echocardiography-ready-conversion-3-d-only

.

“I think three-dimensional echo has advanced very rapidly within the last five years,” she said. “We have seen developments where I think we are at a point we could live in just 3-D echo space.”

.

“Acho que o eco tridimensional avançou muito rapidamente nos últimos cinco anos”, disse ela. “Nós vimos desenvolvimentos onde eu acho que estamos em um ponto em que poderíamos viver apenas no espaço de eco 3-D”.

.

“I do this already,” she said. “In our lab we do 3-D left ventricular (LV) volumes and left atrial (LA) volumes on a daily basis. Particularly with the new workflows some of the companies have, it’s really a very smooth and rapid workflow where you can extract the three-dimensional volumes without a lot of effort.”

.

“Eu já faço isso”, disse ela. “Em nosso laboratório, fazemos volumes 3-D do ventrículo esquerdo (VE) e volumes do átrio esquerdo (AE) diariamente. Particularmente com os novos fluxos de trabalho de algumas empresas, é realmente um fluxo de trabalho muito suave e rápido onde você pode extrair os volumes tridimensionais sem muito esforço “.

.

“The one thing that I would say is really important for us is to have better workflow,” Sugeng said. “So if I am in an interventional procedure, I don’t have time to position the valve and rotate it 90 degrees in a Z-plane. I need that valve immediately in the surgeon’s view, and I need it immediately from a ventricular view, so a lot of the systems now give us the option of dual view. The workflow is very key for us because we need things in seconds.”

.

“A única coisa que eu diria que é realmente importante para nós é ter um fluxo de trabalho melhor”, disse Sugeng. “Então, se estou em um procedimento intervencionista, não tenho tempo para posicionar a válvula e girá-la 90 graus em um plano Z. Preciso dessa válvula imediatamente na visão do cirurgião, e preciso dela imediatamente de uma visão ventricular , então muitos dos sistemas agora nos dão a opção de visão dupla. O fluxo de trabalho é muito importante para nós porque precisamos de coisas em segundos “.

.

Quantas vezes repetimos as frases acima no blog??

.

O EchoTalk é só um blog latino-americano, sem dinheiro no bolso, sem parentes importantes e vindo do interior, mas vai embarcar no 4D raiz.

.

 

Prolapso é mais.Desde de 2008 no EchoTalk

1a

http://imaging.onlinejacc.org/content/early/2016/12/08/j.jcmg.2016.09.016

.

Aqui com Strain:

https://academic.oup.com/ehjcimaging/article/18/3/323/3039298

.

Conclusion

This study supports the hypothesis that pathological early-systolic shortening and late systolic, post-systolic deformation are attributed to an increased interaction between wall deformation and mitral valve events in patients with MVP. STE is a useful tool in the assessment of interplays between MV leaflets and myocardium and helps to demonstrate changes in temporal pattern of myocardial deformation.

.

O leitor do blog já cansou de ver o assunto aqui:

.

https://echotalkblog.com/2008/08/18/prolapso-ainda-que-tardio/

.

https://echotalkblog.com/2012/10/25/coisas-que-so-o-3d-mostra-para-voce-prolapso/

.

https://echotalkblog.com/2009/07/31/eu-acredito-em-prolapso/

.

https://echotalkblog.com/2008/11/19/prolapso-deformacao-do-anel/

.

https://echotalkblog.com/2018/11/28/tomtec-em-acao/

.

https://echotalkblog.com/2011/06/11/sina-de-m-esmeraldo-no-prolapso-da-valva-mitral/

.

https://echotalkblog.com/2014/05/13/o-que-voce-nao-sabia-sobre-prolapso-da-valva-mitral/

.

O Prolapso mora no posterior.

No Reflow e a Dobutamina

1-s2.0-S0735109700006410-gr5

.

https://doi.org/10.1016/S0735-1097(00)00641-0

.

A coronária é um reservatório, na maior parte do tempo.

A sucção do sangue represado nas coronárias durante a sístole e aspirado na diástole por descompressão dos capilares e arteríolas já foi demonstrado com mecanismo essencial do fluxo coronário.

.

Mas é difícil encontrar uma pesquisa que tenha usado a Dobutamina para diminuir a área de no reflow.

.

Indiretamente, o estudo acima foi por este caminho experimental.

.

O fluxo coronário e sua relação com a Diástole pode ser compreendido aqui

https://www.ahajournals.org/doi/pdf/10.1161/circulationaha.105.603050

Strain para tudo, de novo.

1a

.

http://imaging.onlinejacc.org/content/12/1/163

.

This review seeks to define whether the existing EF cutoff in AS should be modified or whether GLS should replace it as the marker of subclinical LV dysfunction.

.

É preciso muita estatística para definir um corte de -16,7% mas parece que eles estão convencidos

.

Mais importante é ver parâmetros de Strain entrarem em recomendações cínicas!!!

.

 

Representação didática

.

Outra dele:

 

.

 

Estetoscópio eletrônico: Cardiopapers

1a

.

https://cardiopapers.com.br/estetoscopio-digital-vale-a-pena-comprar/

.

Gostei muito da opinião do amigo Eduardo Lapa.

.

Trabalhando no ambulatório de valvopatias, o uso do estetoscópio é fundamental.

.

Parece que o ensino é a função ideal do aparelho.

.

Já o som obtido não agrada.

.

A diferença é parecida com a existente entre instrumentos acústicos e eletrônicos.

.

Algo como o piano clássico e o teclado eletrônico.

.

Emitem sons parecidos mas não são idênticos.

.

Particularmente, os sons de baixa frequencia  incomodam, exemplos máximos na terceira bulha e na hiperfonese da segunda bulha.

.

Como no ambulatório, a ausculta de segunda bulha é o achado mais importante da consulta, não somos favoráveis ao estetoscópio eletrônico.

.

 

 

 

Relação com a inflamação nas Carótidas requer contraste.

41598_2018_27260_Fig4_HTML

.

https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC5995867/

.

Conclusion

Contrast-enhanced ultrasound can assess the vulnerability of carotid plaque and its acoustic parameters are closely related to peripheral blood leukocyte. The contrast-enhanced ultrasound is valuable in reflecting the inflammatory activity in the plaques.

.

Teria o contraste de microbolhas um papel relevante no estudo das Carótidas?

.

Pensando em íntima-média não.

.

Mas em vascularização e papel da adventícia sim.

.

Os transdutores matriciais e a profundidade de 3 cm permitem frequencias acima de 12 MHz.

.

Nós fomos em outra direção, separando a íntima da média

( https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0021915017301351?via%3Dihub)

.

Mas o caminho do contraste na vascularização da Carótida parece bastante promissor.

.