Vida de ecocardiografista não é fácil

Apesar do mito na medicina que coloca os médicos que fazem exames no paraíso da medicina, a vida de ecocardiografista não é fácil.

.

Grupos financeiros compram hospitais, desfazem contratos de serviços de imagens com mais de 10 anos por e-mail, colocam gestores que enxergam os ecocardiografistas como ferramentas de fácil reposição e mudam de ideia a cada semana.

.

Os serviços de ecocardiografia da região que tem cardiologistas como donos estão sumindo.

.

O recém especializado, sem opções, aceita receber por hora ou pacote, sem nenhuma escolha no aparelho ou horário.

.

Para piorar, o exame caminha para maior complexidade com Strain e 3D.

.

Saindo, de novo, da possibilidade individual de ter um aparelho completo em laboratório pequeno.

.

Mas a fórmula continua a mesma para quem quer ter sucesso e rendimento na área:

Criem grupos de sócios de cardiologistas clínicos e ecocardiografistas, evitem brigas e dissoluções no grupo, comprem aparelhos bons e façam exames confiáveis, planejem trabalhar em máquinas próprias mesmo que suas frações proprietárias sejam pequenas e só confiem em pessoas que fazem o mesmo tipo de medicina que vocês querem fazer.

.