Mais disfunção valvar do que suspeitamos


Prevalence of Unsuspected and Significant Mitral and Aortic Regurgitation
Journal of the American Society of Echocardiography
Volume 21(1), January 2008, p 38–42

Estudo em quase 7000 pacientes sem suspeita de doença valvar mitral demonstrou refluxo moderado ou acentuado em até 12% (média) dos pacientes.

Sendo o sopro mitral o mais fácil de ascultar e definir, podemos aceitar que a ausculta foi ineficiente para a suspeita clínica!
Aceitando que nossos médicos são tão bons ou ruins quanto os americanos, podemos esperar a mesma prevalência no Brasil!

Outro dia um professor da velha guarda relatava a dificuldade de ensinar ausculta aos graduandos de medicina da UNICAMP. Havia uma desvalorização generalizada do exame clínico e confiança demasiada nos métodos de imagem.

Uma boa ausculta demora 30 ou 60 segundos, traz informações instantâneas, nada de custo.
Mas não é feita!
Quem faz ecocardio pode até se divertir com o desconpasso entre a ausculta relatada no pedido e os achados do exame…

Deixe uma resposta