Vivid e : o iPOD dos ecos portáteis?

Sabe a história dos tocadores de mp3?
Todos são capazes de reproduzir músicas no formato mas uma marca domina o mercado com 70% das vendas:
iPOD, escolhido pelo consumidor como o melhor e mais bonito tocador de mp3.

Não é que a GE resolveu dar uma de APPLE com o Vivid e ?
Uso o meu há uma semana e estou encantado com a máquina!
A melhor solução em ecocardiografia portátil.

Nem pense em chegar perto do meu…hehehe

12 comentários em “Vivid e : o iPOD dos ecos portáteis?

  • Prezado BetoQue bom que as opiniões mudam.Ano passado colocastes que a GE estava longe de oferecer assistência tecnica adequada.Também me informastes que o Vivid E não era um bom aparelho.A sonosite era ruim mas vejo em muitas fotos suas , ecos vasculares em um Titam ou Micromax, e após relatastes ter um.As tuas opiniões sao importantes, mas que bom que elas também mudam.

  • Acabei de testar o Vivid e! agora falo com proppriedade, o aparelho é bom. Ainda tenho dúvidas quanto a resistência…A assistência técnica melhorou após muitas reclamações, está boa há uns 6 meses.Gosto do Sonosite Titan para carótidas, minha queixa é com a ecocardiografia, principalmente o mouse pad e a “segunda harmônica”.E mudar de opinião é uma virtude, não é?

  • Acredito sim que mudar de opinião é virtude!Assim como falei que és formador de opinião e tuas opiniões são importantes.A despeito de suas recomendações ano passado, acabei testando um micromax sonosite,e acabei mudando também minha opinião.O color é muito bom, o bidimensional é muito bom, é extremamente portátil, o doppler é bastante sensível.Com sonda pediátrica faço estudo em UTI neonatal com extrema qualidade, assim como com a sonda adulta tenho muita segurnça e qualidade nas imagens.Atualmente, uso-o diariamente e posso também falar que até hoje (após 6 meses de uso) ainda não me deixou na mão nenhuma vez, e espero que não deixe.Na ocasião o fator que me levou também a comprá-lo foi a garantia de 5 anos(tomara também que seja séria).Cheguei a cotar com a GE o contrato de manutenção do VIVId ,após o primeiro ano me ofereceram a R$2000,00(mensais), fato que para primeiro aparelho pesa muito.Mas ,tomei a liberdade de colocar minha opinião, pois sou assíduo em teu site há quase um ano.Continues com teu excelente trabalho, mas acho que devemos ter mais cuidado de antes expressarmos nossa opinião final.Abraços.

  • Beto, quase quatro anos depois você ainda acha que o portátil da GE é a melhor opção? Quero adquirir um portátil para ECO e carótidas e gostaria de saber sua opinião. Obrigada

  • Boa tarde Beto,

    Nem sei se essa msg chegará a vc, visto q qgora q vi q o post original é de 2008… mas vamos lá:
    Estou buscando um novo aparelho para mim, que faço 5 agendas/sem na minha clinica, mas q acredito poder aumentar o nº de exames. Penso em um portátil e como tenho um Envisor HD q dá bem p o gasto, fui ver o portátil da Philips… muito caro alegando ser tech de ponta….
    me voltei p os da GE “i” X “e” … e “os caras não conseguem me explicar e convencer de forma prática a principal diferença, visto q um custa mais de 50% a mais q o outro.

    Pensei em perguntar p quem entende e acabei achando este post… e agora 4 anos depois… ainda continua fã do GE?

  • Temos vários Vivid portáteis hoje. Continuo achando que vale mais a pena o “i” pois é 3 x melhor e apenas 2x mais caro. O 'e” é um pouco inferior ao Envisor e o “i” é claramente superior ao Envisor. Para uso de vários examinadores, melhor o “e”. Para uso e satisfação pessoal, vá de “i”.

  • Se eu estivesse em dúvida e tivesse dinheiro suficiente, compraria um “i”.
    O “i” pode sofrer upgrade para strain, aceita transesofágico, tem um módulo de ecostress perfeito e imagem muito superior.
    É muito mais rápido e praticamente não trava com o “e” em relação ao software.
    A diferença de preço vale pelo ganho de qualidade…

Deixe uma resposta