Solução em 5D: 3D em Tempo real (4D), mais um ecocardiografista (5D)isponível o tempo todo.

1a

.

2fe39e3e-d17f-4970-8857-f9055e06ffed-3875-000002a584e3cbcc

.

cfr-03-97-g002

.

Imagine realizar um ecoestresse de esforço com todas as janelas à sua disposição durante o exame inteiro?

.

https://usono.com/

Email: info@usono.com

.

Imagine acompanhar a cascata de isquemia em tempo real e ao lado do paciente?

.

1a

.

Um médico apenas, na sala.

Sem precisar sustentar o transdutor na posição adequada.

Com tempo de sobra para analisar o Doppler de fluxos e tecidual.

Com tranquilidade para fazer o Strain em tempo real.

Um exame 5D.

Completo e acessível, diante dos concorrentes caríssimos.

.

No passado, firmas gigantes compravam pequenas firmas com idéias inovadoras e as fechavam!!!

As fábricas de RM e Tomo farão algo assim?

.

 

Equilíbrio do EUROECHO18

1a

.

https://www.escardio.org/Congresses-&-Events/EuroEcho%E2%80%93Imaging/Scientific-programme/Topic-list

.

Muito boa a distribuição de temas relevantes.

.

A indústria também marca presença:

1a

.

Advinha quem mais?????

.

1a

.

Notícias de ecocardiografia para ecocardiografistas.

.

 

Por que a bicicleta horizontal é superior?

1aa

.

O pulmão é o maior obstáculo ao exame de ecocardiografia.

.

Por questões físicas do US, o ar impede a passagem adequada e o retorno na imagem cardíaca.

.

Então, quanto menos a porção anterior do pulmão esquerdo expandir, melhor para o ecocardiograma.

Assim, ao repouso usamos o decúbito lateral esquerdo:

.

1a

.

Foi lógico supor que o decúbito lateral esquerdo seria o melhor para o ecoestresse físico também.

.

1a

.

Notem porém, que o paciente não fica no decúbito lateral pleno.

Mais decúbito dorsal que lateral.

Tentar inclinar mais causa imenso desconforto ao paciente que é forçado contra o anteparo

Na prática, é um decúbito dorsal ligeiramente inclinado.

.

1a.jpg

.

O decúbito dorsal, sabidamente favorece a expansão do tórax anterior esquerdo, colocando mais pulmão no ecocardiograma apical.

.

Com o esforço, a expansão do pulmão é ainda mais marcante.

.

Na bicicleta horizontal, o paciente fica sentado e tende a inclinar para a frente.

.

1a

.

O que desfavorece a expansão do tórax anterior esquerdo.

Principalmente se o volume abdominal for grande (60% dos indivíduos)

.

1a

Ecocardiografia de estresse físico: é a melhor modalidade para a investigação de isquemia miocárdica

1a

.

http://departamentos.cardiol.br/dic/aulas/webnar-manole-eco-estresse-fisico.asp

.

1a

.

Vejam que não é a EchoTalk falando!!! É o DIC.

.

1a

.

1a

.

1a

.

A partir do meio da apresentação o palestrante revela seu verdadeiro exame do coração: Dobutamina!!!!

.

Mesmo assim, parabéns ao DIC por falar no assunto ecocardiograma com exercício!!!

Coronária de perto

gr1

.

Prognostic value of proximal left coronary artery flow velocity detected by transthoracic Doppler echocardiography

.

https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC6016069/

.

Conclusions

An increased CFV in the proximal LCA was associated with cardiac death, incremental to the clinical and basic echocardiographic parameters.

.

Está na hora de acordarmos para o Doppler de coronárias ao transtorácico?

.

 

Insuficiência Mitral e Ecoestresse

 

1a

.

Exercise-Stress Echocardiography and Effort Intolerance
in Asymptomatic/Minimally Symptomatic Patients With
Degenerative Mitral Regurgitation Combined Invasive–
Noninvasive Hemodynamic Monitoring

.

https://www.ahajournals.org/doi/pdf/10.1161/CIRCIMAGING.117.007282

.

Our findings indicate
that in asymptomatic/minimally symptomatic
patients with degenerative MR, effort intolerance
is predominantly because of chronotropic incompetence,
abnormal pulmonary vascular reserve, and
limited right ventricular contractile reserve and not
simply because of exercise-induced MR or pulmonary
hypertension. These results, thus, may help
select treatment for MR in the future.

.

Interessante achado do exame de esforço!

Não mostra a hipertensão pulmonar ou a regurgitação mitral como causas principais da intolerância ao esforço.

.

 

.

 

Caso prático de Doppler de coronária alterado

Image01

.

Exame de repouso em paciente masculino com 57 anos, hipertenso  e com doença renal não dialítica.

.

Com a ajuda do Issam, encontramos fluxo anômalo na descendente anterior.

.

Image02

.

Fluxo de velocidade alta e sem a queda esperada entre diástole e sístole.

.

Encaminhamos o paciente para Ecoestresse físico a seguir:

.

.

.

.

Ecoestresse físico sugestivo de isquemia induzida ao esforço em porções:

Apical lateral, apical anterior e ápice.

.

Com duração de poucos minutos, o Doppler de coronária pode detectar alterações ao repouso que se confirmam ao estresse.

.