Reserva contrátil: Quem têm, vai bem.

f5-large

.

Contractile reserve as a predictor of prognosis in patients with non-ischaemic systolic heart failure and dilated cardiomyopathy: a systematic review and meta-analysis

.

Conclusion Regardless of stressor and imaging modality and despite the significant methodological heterogeneity within the current data (imaging techniques and parameters), patients with non-ischaemic cardiomyopathy and reduced EF who demonstrate contractile reserve have a lower mortality, and lower events/hospitalisations. The presence of contractile reserve therefore offers a potential positive prognostic indicator when managing these patients.

.

http://www.echorespract.com/content/5/1/1.full

.

Artigo interessante revela a importância de conhecer a reserva contrátil.

.

Revista exemplar britânica, vale a pena seguir:

1a

.

Um bom exemplo a ser copiado no território do Cabral.

Use Ecoestresse para tudo

1a

http://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0894731716306435

.

Não sei qual é a experiência dos autores acima, individualmente, com o Eco de esforço em bicicleta.

.

Sim, pois 90% das respostas dadas no artigo são obtidas ao esforço em bicicleta.

.

Tivemos a sorte de apostar na bicicleta horizontal como modo de esforço no ano 2000.

.

Assim, temos 18 anos de experiência em ecocardiograma de estresse para doenças não isquêmicas.

.

 

Feigenbaum: Ecocardiografia Separada!!! Agora o DIC vai ter que ouvir.

1a

.

1c

.

O papa da ecocardiografia mundial, autor do livro obrigatório da área, repete literalmente o que o blog EchoTalk afirma quase semananalmente:

  • Ecocardiografia é um método diferenciado na cardiologia e precisa ser tratado em separado dos outros métodos radiológicos.

.

Desafio um presidente ou diretor do DIC capaz de, merecidamente, dizer que o mestre Feigenbaum está ERRADO.

.

Quem é contra o Feigenbaum deveria deixar o transdutor de lado e virar laudador de TC ou RM, sem desmerecimento.

.

 

SBC A aula impossível do dia 04.

.

Impossível acreditar no roteiro acima.

Quem vai falar de ecoestresse de esforço em bicicleta?

Para válvulas?

.

Echotalk dá os parabéns para o palestrante que passou a década passada criticando o esforço e elevando o farmacológico como modalidade dominante

.

Prova indiscutível de humildade e atenção aos anseios atuais da ecocardiografia brasileira

Estamos felizes

 

 

.

.