As máquinas estão chegando ao ecocardiograma

IMG_0934

.

https://academic.oup.com/ehjcimaging/advance-article/doi/10.1093/ehjci/jey137/5124328

.

Quanto tempo até um software acertar o ecocardiograma básico?

.

Dependendo do 3D ser difundido?

Mais de 10 anos para chegar aos pontos pequenos e médios do mapa nacional.

.

E a detecção de doenças valvares e classificação?

Bem mais de 10 anos.

.

O que o ser humano erra hoje não será corrigido por inteligência artificial no médio prazo.

.

O ecocardiograma vai ser o último a ser afetado diretamente, dado as dificuldades de imagem e interpretação.

.

Com ainda não inventaram Tomo e RM portátil ou transportável, somos os únicos protegidos por nossa mobilidade e rapidez.

 

Prolapso: Mecanismo em câmera lenta

animated

@marcelohaertel 

.

Uma imagem vale mais que mil palavras.

.

O blog já gastou milhares de palavras aqui na tese da deformação do anel Mitral como o mecanismo básico da maioria dos prolapsos.

.

Mas o filme acima, mostra como nenhum outro a deformação do anel, com redução visível e chamativa do diâmetro.

.

Como a base de ancoragem encurta com a redução do diâmetro, a tenda das cúspides (como em uma armação de circo) fica frouxa e prolapsa.

.

Bela imagem, disponível no Twitter: AQUI

 

 

Estenose Aórtica: Erramos por acreditar demais

heartjnl-2018-314482-F4.large

.

https://heart.bmj.com/content/early/2019/02/15/heartjnl-2018-314482

.

Por que erramos tanto na Estenose aórtica?

Porque acreditamos demais na continuidade.

.

A idade é fator decisivo. Os idosos para piorar, ainda tem esclerose da válvula e geram a certeza da estenose antes do primeiro Doppler.

.

Fração de ejeção rebaixada confunde também. E se for o famoso e raríssimo caso de gradiente baixo por fração de ejeção baixa?

.

Mulheres ganham facilmente o diagnóstico. Exame mais difícil?

.

Não foi listado o fator mais importante, em nossa opinião, o septo sigmoide muito comum no idoso!!!

.

 

3D como modo dominante, não um acessório. Veja quem está falando!

1a

.

2b

.

https://www.dicardiology.com/article/echocardiography-ready-conversion-3-d-only

.

“I think three-dimensional echo has advanced very rapidly within the last five years,” she said. “We have seen developments where I think we are at a point we could live in just 3-D echo space.”

.

“Acho que o eco tridimensional avançou muito rapidamente nos últimos cinco anos”, disse ela. “Nós vimos desenvolvimentos onde eu acho que estamos em um ponto em que poderíamos viver apenas no espaço de eco 3-D”.

.

“I do this already,” she said. “In our lab we do 3-D left ventricular (LV) volumes and left atrial (LA) volumes on a daily basis. Particularly with the new workflows some of the companies have, it’s really a very smooth and rapid workflow where you can extract the three-dimensional volumes without a lot of effort.”

.

“Eu já faço isso”, disse ela. “Em nosso laboratório, fazemos volumes 3-D do ventrículo esquerdo (VE) e volumes do átrio esquerdo (AE) diariamente. Particularmente com os novos fluxos de trabalho de algumas empresas, é realmente um fluxo de trabalho muito suave e rápido onde você pode extrair os volumes tridimensionais sem muito esforço “.

.

“The one thing that I would say is really important for us is to have better workflow,” Sugeng said. “So if I am in an interventional procedure, I don’t have time to position the valve and rotate it 90 degrees in a Z-plane. I need that valve immediately in the surgeon’s view, and I need it immediately from a ventricular view, so a lot of the systems now give us the option of dual view. The workflow is very key for us because we need things in seconds.”

.

“A única coisa que eu diria que é realmente importante para nós é ter um fluxo de trabalho melhor”, disse Sugeng. “Então, se estou em um procedimento intervencionista, não tenho tempo para posicionar a válvula e girá-la 90 graus em um plano Z. Preciso dessa válvula imediatamente na visão do cirurgião, e preciso dela imediatamente de uma visão ventricular , então muitos dos sistemas agora nos dão a opção de visão dupla. O fluxo de trabalho é muito importante para nós porque precisamos de coisas em segundos “.

.

Quantas vezes repetimos as frases acima no blog??

.

O EchoTalk é só um blog latino-americano, sem dinheiro no bolso, sem parentes importantes e vindo do interior, mas vai embarcar no 4D raiz.

.

 

Prolapso é mais.Desde de 2008 no EchoTalk

1a

http://imaging.onlinejacc.org/content/early/2016/12/08/j.jcmg.2016.09.016

.

Aqui com Strain:

https://academic.oup.com/ehjcimaging/article/18/3/323/3039298

.

Conclusion

This study supports the hypothesis that pathological early-systolic shortening and late systolic, post-systolic deformation are attributed to an increased interaction between wall deformation and mitral valve events in patients with MVP. STE is a useful tool in the assessment of interplays between MV leaflets and myocardium and helps to demonstrate changes in temporal pattern of myocardial deformation.

.

O leitor do blog já cansou de ver o assunto aqui:

.

https://echotalkblog.com/2008/08/18/prolapso-ainda-que-tardio/

.

https://echotalkblog.com/2012/10/25/coisas-que-so-o-3d-mostra-para-voce-prolapso/

.

https://echotalkblog.com/2009/07/31/eu-acredito-em-prolapso/

.

https://echotalkblog.com/2008/11/19/prolapso-deformacao-do-anel/

.

https://echotalkblog.com/2018/11/28/tomtec-em-acao/

.

https://echotalkblog.com/2011/06/11/sina-de-m-esmeraldo-no-prolapso-da-valva-mitral/

.

https://echotalkblog.com/2014/05/13/o-que-voce-nao-sabia-sobre-prolapso-da-valva-mitral/

.

O Prolapso mora no posterior.

O pós tudo do 2D

tumblr_inline_nrfx3vq8YO1qzgziy_500

.

Em 2005 assisti em um museu de Valência,  um filme de cardioscopia com fibra ótica que mostrava a Mitral vista do ventrículo esquerdo.

.

Ficou claro que aqueles “dois pauzinhos” mexendo do ecocardiograma 2D estavam bem longe de representarem a Mitral fielmente.

.

Sendo o 2D a única opção, passei os anos seguintes tentando entender o que as imagens de baixa representatividade do 2D podiam oferecer.

.

Tudo o que o 2D podia oferecer na ecocardiografia já foi abordado na ecocardiografia mundial.

.

Agora, pós tudo, vamos recomeçar no 3D.

.

 

Avaliando o VD na doença pulmonar crônica

.

 

Clinical Determinants and Prognostic Implications of Right Ventricular Dysfunction in Pulmonary Hypertension Caused by Chronic Lung Disease

.

https://www.ahajournals.org/doi/10.1161/JAHA.118.011464

.

RV size was quantified using end‐diastolic and end‐systolic areas measured from the apical 4‐chamber view.

.

RV dysfunction (RVFAC <28%) identifies Group 3 PH patients at risk for poor outcomes.

.

Vejam como a fração de ejeção do VD ao ecocardiograma, que é difícil de replicar, funciona bem na avaliação prognóstica.

.

 

 

Estetoscópio eletrônico: Cardiopapers

1a

.

https://cardiopapers.com.br/estetoscopio-digital-vale-a-pena-comprar/

.

Gostei muito da opinião do amigo Eduardo Lapa.

.

Trabalhando no ambulatório de valvopatias, o uso do estetoscópio é fundamental.

.

Parece que o ensino é a função ideal do aparelho.

.

Já o som obtido não agrada.

.

A diferença é parecida com a existente entre instrumentos acústicos e eletrônicos.

.

Algo como o piano clássico e o teclado eletrônico.

.

Emitem sons parecidos mas não são idênticos.

.

Particularmente, os sons de baixa frequencia  incomodam, exemplos máximos na terceira bulha e na hiperfonese da segunda bulha.

.

Como no ambulatório, a ausculta de segunda bulha é o achado mais importante da consulta, não somos favoráveis ao estetoscópio eletrônico.

.