Transesofágico: Chega de transdutor de adulto?

1a

.

O que precisa ser visto no corte transgástrico que justifica o uso do transdutor adulto com 110 cm?

.

Com que frequência o corte transgástrico é indispensável???

.

Vejam que para ter os 110 cm de penetração precisamos aumentar a área do transdutor de 38 para 86 mm2!!!

.

Para ver trombos e válvulas, 70 cm dão e sobram. Ainda mais em brasileiros com média de altura inferior aos 1,75 m de americanos.

.

Vantagem óbvia de menos incômodo e apenas anestesia tópica.

.

1a

Portátil que faz tudo: Qual?

.

Quando procuramos um portátil completo para compra em 2018, enfrentamos sérias dúvidas.

.

O aparelho precisa conter o Strain por Speckle Tracking, pois não existe a possibilidade de comprarmos um aparelho completo em 2018 sem a modalidade!

.

Com este requisito, sobram poucas opções.

.

Sem falar em preço, temos problemas técnicos:

.

O líder de mercado optou por abolir o teclado. Para exames esparsos em hospitais, tudo bem. Mas para uma rotina pesada de ecocardiograma é inviável.

.

O segundo colocado tem uma boa máquina, com teclado físico e boa reputação. Mas sua linha de fixos hoje é bem diferente da máquina que originou o portátil. Haverá continuidade de produção ou estamos no fim da linha do modelo atual?

.

Uma grande empresa que entrou no mercado recentemente, ainda não pode ser considerada, se o item Speckle Tracking for obrigatório.

.

Nossa famosa oriental ainda não lançou oficialmente o portátil que faz ecocardiografia. Estamos aguardando.

.

Mesmo tendo o dinheiro, restam dúvidas imensas…

.

 

Doenças estruturais do coração

.img_1415

.

As doenças não mudam mas os tratamentos sim.

.

Rebecca de NY defende que o termo valvulopatias seja deixado de lado frente aos tratamentos de doenças estruturais do coração .

.

Seria o termo valvopatias reducionista, não dando a devida dimensão das doenças relacionadas às válvas?

.

Parece que sim.

.

Agora com os tratamentos endovasculares, seria mais pratico formar um time de especialistas em doenças estruturais do que o reduzido grupo de valvopatia.

.

Dilatação da aorta, dissecção, dilatação do anel, hipertrofia septal assimétrica…

Um grupo bem maior de doenças para um grupo bem melhor de especialistas .

.

 

 

TAVI precisa de TEE?

1a

.

http://spo.escardio.org/eslides/view.aspx?eevtid=49&fp=71

.

Enquanto debatemos a obrigatoriedade do TEE na TAVI, (Transesophageal echocardiography guidance decreased from 60.7% to 32.3% of cases, whereas more recent procedures were increasingly performed in hybrid operating rooms (15.8% vs. 35.7%)) ainda existe a polêmica do uso em pacientes de risco cirúrgico aceitável:

Temporal Trends in Transcatheter Aortic Valve Replacement in France: FRANCE 2 to FRANCE TAVI

.

https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0735109717372467?via%3Dihub

.

Mas o uso do TEE está em debate. Pior, está em queda.

.

Mais um procedimento que escapa da área de ecocardiografia…

.