Ambulatório de cardiopatias estruturais

background

.

Um clínico com mais de 20 anos de experiência.

Um ecocardiografista dedicado a patologias congênitas em adultos.

Um ecocardiografista dedicado a valvulopatias.

Um cardiologista como médico em treinamento em patologias estruturais.

.

Está formado o ambulatório de patologias cardíacas estruturais, envolvendo valvulopatias, doenças congênitas em adultos e outras doenças estruturais.

.

Seguindo a tendência mundial de time de especialistas na área de patologias estruturais, montamos nossa equipe.

.

Que venham os casos!!!!

Valor do Ecocardiograma

1a

.

Pesquisa com mais de 700 votos aponta o valor mais comum recebido por um exame de ecocardiografia.

.

São 45 dólares na melhor das hipóteses.

.

Uma ressonância não saí por menos de 400 dólares.

.

Quase 10 vezes mais cara.

.

Para as indicações abaixo:

1a

1a

Entre outras indicações: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0066-782X2006001600035

.

Mesmo assim, evoluções do ecocardiograma como o 3D e Strain, que substituem grande parte das indicações verdadeiras de RM, não são remuneradas.

.

É o melhor para a medicina o uso de uma tecnologia de 400 dólares no lugar de uma outra abaixo de 100 dólares?

.

E seguimos sem receber o Strain e sem realizarmos o 3D por absoluta inviabilidade econômica.

.

 

Aparelho de bolso

1a

.

https://www.ahajournals.org/doi/pdf/10.1161/circulationaha.117.026622?download=true

.

Mehta et
al compared the diagnostic accuracy of HHE versus
physical examination and whether its use reduced overall
costs in patients referred for a transthoracic echocardiogram.
HHE correctly identified abnormal findings
(significant valvular pathologies) in 82% of the patients
in comparison with 47% identified by physical examination.
HHE was associated with the reduced charge
of $63 per patient (average of $644.43 versus $707.4).

.

Comparado ao exame físico atual, o aparelho de bolso parece ser superior e econômico.

.

De fato, será incorporado aos nosso telefones e estará disponível em todos os hospitais.

.

As grandes empresas não tem interesse em vender esses dispositivos de baixo preço no mercado milionário da medicina..

.

Serão as empresas pequenas e focadas que dominarão o mercado.

.

Com certeza afetará o mercado de portáteis completos, os principais concorrentes na linha de frente hospitalar.

.

Já os aparelhos de ponta, com Strain e 3D, continuarão seu caminho.

.

Transdutor Matricial

1a

.

Os transdutores de múltiplas linhas Active Matrix Array  criam uma fatia de imagem uniformemente fina do campo próximo ao distante. A fina camada de imagem oferece excelente resolução de contraste e permite a detecção de pequenos cistos, vasos e outras estruturas anatômicas em um intervalo bastante estendido da imagem.

Para comparação, os transdutores de linha única têm um único foco de elevação fixo. A fatia de imagem que eles produzem é fina e oferece excelente resolução de contraste no foco, mas o feixe diverge rapidamente do foco e a profundidade de campo utilizável é limitada.

.

http://www.usecia.com.br/dicas/o-que-e-transdutor-matricial-quais-beneficios-seu-uso

.

Apesar de não ser uma novidade, o transdutor matricial não equipa a maioria dos aparelhos e gera dúvida na hora da compra.

.

Na prática, faz muita diferença.

.

A imagem é melhor no transdutor matricial, a ponto de compensar o investimento.

.

 

Gordura epicárdica é um bom marcador de fácil obtenção

10554_2018_1360_Fig1_HTML

.

Echocardiographic measurements of epicardial adipose tissue and comparative ability to predict adverse cardiovascular outcomes in patients with coronary artery disease

.

https://link.springer.com/article/10.1007/s10554-018-1360-y

.

We concluded that echocardiographic measurement of EAT showed higher predicting ability for MACE’s than the other markers tested, in patients with CAD.

.

1a

.

Medir a gordura epicárdica é fácil demais.

.

Mais rápida e prática que o Escore de Cálcio, certamente.

.

Está ali, durante o exame de rotina.

.

Pouco comentada nos congressos e encontros.

.

Estamos deixando passar esta oportunidade?

.