Piora do Strain ao esforço, na Insuficiência Mitral

1a

Em pacientes assintomáticos com RM primária significativa e FEVE preservada que foram submetidos a ecocardiografia de repouso e estresse, mostramos que a capacidade reduzida de exercício e a piora de LV-GLS foram independentemente associados à mortalidade, fornecendo utilidade prognóstica (em vez de duplicativa) aos preditores previamente conhecidos. Além disso, a capacidade de exercício e o LV-GLS melhoraram sequencialmente a classificação de risco nesses pacientes, independente de variáveis ​​prognósticas conhecidas. Além disso, repouso LV-GLS pior do que -21% parece estar associado com mortalidade progressivamente maior a longo prazo.

.

Strain Echocardiography and Functional Capacity in Asymptomatic Primary Mitral Regurgitation With Preserved Ejection Fraction

.

http://www.onlinejacc.org/content/68/18/1974.ful

.

Valvopatias pedem a análise por Strain.

Não só ao repouso, mas també ao exercício

.

Todo dia é dia de fazer e receber por ecocardiografia com Strain.

.

 

Crista de Coumadin

gr2

.

Estritamente falando, a crista de Coumadin não é uma estrutura anatômica distinta. Em vez disso, representa a confluência do longo eixo da veia pulmonar superior esquerda com o teto do apêndice atrial esquerdo. Como pode ser visto na Figura 1, essas estruturas são trazidas para a proximidade por causa do tecido atrial invaginado entre elas: a crista do átrio esquerdo (ou lateral ). Vale a pena notar que a crista de Coumadin pode ser vista tanto ao transesofágico quanto   transtorácico.

.

https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0894731719301543?via%3Dihub

.

Imagem ao ecocardiograma que pode confundir e alterar medidas do volume atrial ou até sugerir trombo (raro).

.

Precisa ser reconhecida para não atrapalhar.

 

O último EuroEcho

1a.

.

Este ano teremos o último congresso europeu dedicado à ecocardiografia.

Convido todos que puderem financiar a própria viagem, a conhecerem esta ultima edição do que era o melhor congresso de ecocardiografia do mundo.

.

Como membro pagante, posso criticar.

.

1c

2b

.

Também posso retirar a renovação automática.

.

Em 2020, o foco será ASE 2020

  • 31st Annual Scientific Sessions
    June 19-June 23, 2020
    Denver, CO

.

https://www.asescientificsessions.org/future-dates/

.

 

O sonho acabou. Último EUROECHO

1a.jpg

https://www.escardio.org/Congresses-&-Events/EuroEcho

.

Em 2020:

1b

https://www.escardio.org/The-ESC/Press-Office/Press-releases/eacvi-announces-new-congress-in-2020-covering-full-spectrum-of-cardiac-imaging

.

Não deu certo em país algum.

Nem tentaram nos EUA, Canadá e Reino Unido

Talvez no Japão??? Não http://www.jse.gr.jp/en/index

.

Mesmo assim, a sociedade européia avança na mistura de métodos sob a marca “Imagem”.

.

No último congresso EuroEcho em Milão, 99% dos patrocinadores eram de interesse na ecocardiografia.

Mais de 90% dos presentes eram ecocardiografistas.

.

Mesmo lá no velho continente, as sociedades de RM e Nuclear realizam congressos separados.

https://www.escardio.org/Congresses-&-Events/EuroCMR

https://www.escardio.org/Congresses-&-Events/ICNC

https://www.escardio.org/Congresses-&-Events

.

Mas eles devem ter razão. Afinal, são mais de 2000 anos de civilização.

 

Curso de Strain melhor que o do Prof. Castillo

1a

.

Aqui na EchoTalk decidimos montar um curso de Strain melhor que o do Professor Castillo em Recife.

.

Requisitos:

1- Um professor que soubesse mais sobre Strain que o Castillo.

2- Um professor mais didático e simpático que o Castillo.

Checagem:

1- Não temos!

2- Não temos!

.

Na prática, só nos resta indicar o curso do Castillo:

http://escolaecope.com.br/web/curso/listar/strain-card%C3%ADaco/

 

 

Brasileiro comprador de máquinas de US (Eco)

1a

1a

.

“O mercado de ultrassom da América Latina (LATAM) tem sido desafiador nos últimos anos, principalmente devido ao fraco mercado brasileiro. Como o Brasil é de longe o maior mercado da região, a queda do mercado brasileiro puxou para baixo o crescimento de toda a região. O mercado brasileiro de ultrassom se recuperou fortemente em 2017 e a recuperação do mercado deve continuar em 2018.

Enquanto a economia brasileira está ganhando força, a instabilidade política continua e reformas estruturais contínuas não são de forma alguma uma certeza. Embora as perspectivas para o mercado brasileiro de ultra-som sejam mais otimistas do que nos últimos anos, esteja preparado para a volatilidade.”

.

https://www.itnonline.com/article/2018-set-be-strong-global-ultrasound-market

.

 

Ao comprar um aparelho de ecocardiografia, não pense apenas na presença de Strain ou Transdutor Matricial.

.

Quem vai crescer no mercado brasileiro ou, no mínimo, manter seu time de vendas e assistência técnica?

.

Recebemos toda semana perguntas de ecocardiografistas relacionadas ao mercado de máquinas e pedem orientações sobre compras.

.

Somos independentes.

Nosso aparelho perfeito teria teclado GE, Doppler Philips e durabilidade Siemens.

Então ele não existe!

.

Existe sim, uma boa máquina para a função e volume de exames que você definir, em uma faixa de preços que você pode pagar.

.