Strain da aorta. Estenose e insuficiência

echo13236-fig-0001

.

Aortic Valve Disease and Vascular Mechanics: Two-Dimensional Speckle Tracking Echocardiographic Analysis

.

http://onlinelibrary.wiley.com/doi/10.1111/echo.13236/full

.

Conclusions

Quantitative measures of aortic mechanics were lower for AS patients, suggesting a more significant derangement of aortic elastic properties. In the context of AVD, vascular mechanics assessment proved useful in gauging clinical prognosis.

.

Estudo interessante mostra o efeito da insuficiência e da estenose na Aorta.

.

A marcante redução da distensão da Aorta na estenose pode ser vista claramente com o Strain.

.

Mais uma demonstração da utilidade do método.

.

 

Feigenbaum: Ecocardiografia Separada!!! Agora o DIC vai ter que ouvir.

1a

.

1c

.

O papa da ecocardiografia mundial, autor do livro obrigatório da área, repete literalmente o que o blog EchoTalk afirma quase semananalmente:

  • Ecocardiografia é um método diferenciado na cardiologia e precisa ser tratado em separado dos outros métodos radiológicos.

.

Desafio um presidente ou diretor do DIC capaz de, merecidamente, dizer que o mestre Feigenbaum está ERRADO.

.

Quem é contra o Feigenbaum deveria deixar o transdutor de lado e virar laudador de TC ou RM, sem desmerecimento.

.

 

Mismatch indexado por superfície corporal?

1a

.

http://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0735109712024849?via%3Dihub

.

Artigo interessante enviado por Bárbara.

Mismatch está cada vez mais importante com o surgimento das TAVI.

E também com as próteses tradicionais em idosos, onde o anel calcificado dificulta a implantação de próteses adequadas.

.

Não é fácil acreditar que a indexação por superfície corporal pode resolver o problema da análise.

O cálculo = SC (m2) = 0,007184 X ( Altura (cm)  )0,725) X ( Peso (kg) )0,425 ) 

envolve o peso de idosos, que tendem a ser menores após os 70 anos.

Bem com a altura, fruto da compactação e curvatura vertebral.

.

SC baixos vão gerar áreas indexadas maiores (Índice= área/SC).

.

Precisamos nos preparar para o aumento de Mismatch!!!

 

MitralClip: Eco Transtorácico resolve.

1a.jpg

.

http://onlinelibrary.wiley.com/doi/10.1111/echo.13592/full

.

Conclusions

A considerable proportion of patients have optimal mitral valve morphology for MitraClip. Moreover, TTE was particularly useful in determining whether or not the anatomical criteria for MitraClip implant were met in the majority of patients with secondary MR but in only a minority of those with primary MR.

.

O clip Mitral surge como opção considerável para o tratamento da insuficiência com repercussão clínica.

.

É frequente a explicação para a tese que um ventrículo ruim não sai bem da extracorpórea por retirada do “escape” de baixa pressão que seria o átrio esquerdo.

.

Como sabemos que todas as intervenções acabam por diminuir a área Mitral na diástole, criando estenose, uma restrição ao enchimento ventricular pode ser mais importante que a ausência de “escape”.

.

Em uma situação de ventrículo dilatado, diminuir o enchimento ventricular é catastrófico.

.

Todas as plástica Mitrais e a maioria das próteses provocam estenose relativa em relação ao estágio de insuficiência  pura.

.

O MitralClip também provoca estenose.

Como o ventrículo ruim se adapta ?

ou apenas ventrículos bons apresentariam respostas positivas?

.

 

 

Válvulas: Diretrizes atualizadas quase a pedido…

1A

http://www.acc.org/latest-in-cardiology/ten-points-to-remember/2017/03/14/18/26/2017-aha-acc-focused-update-of-valvular-heart-disease

.

Completo aqui em slides

.

Finalmente o exercício entrou nas diretrizes de válvulas!!!

Indicação ampla IIa para o Eco de esforço em bicicleta

.

 

VHD-Slide-Set-2014-Guideline-with-2017-Focused-Update

.

O Eco de esforço em bicicleta ainda vai virar mania mundial!!!

.

 

1A

.